.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Que devo fazer para conseguir a vida eterna?-Alexandre Soledade

29-05-2017
Jo 16,29-33




Bom dia!
Essa é uma grande verdade: NUNCA ESTAMOS SÓS!
Realmente o mundo que vivemos cada vez mais nos apresenta a solidão, a depressão, o medo. Se trabalharmos, temos que nos “acostumar” com a inveja, as perseguições, os “puxões de tapete”; se queremos crescer ou mudar o mundo ao nosso redor e fugir na inércia, precisamos aprender a filtrar os novos adjetivos que surgirão: como “arrogantes”, “prepotentes”, “exibicionistas” (…).
No trabalho social e comunitário NUNCA teremos sossego, mas em Deus SEMPRE teremos paz. “(…) No mundo vocês vão sofrer; mas tenham coragem. Eu venci o mundo”.
Talvez esse seja o grande conforto que precisamos ter ao levantar para um novo dia. Nossas discussões comunitárias, no trabalho, na escola, devem nos monitorar e nos fazer crescer. As posições contrárias devem existir para que eu não cometa o pecado de acreditar que estou sempre certo e fazer sempre o que quero e do jeito que quero.
Ao discutir e apresentar nossas opiniões deve culminar num consenso que seja orientado pela razão. Não podem trazer problemas pessoais com eles, digo isso que por vezes, no nosso dia-a-a-dia tomamos decisões motivadas ou carregadas de sentimentos pessoais. Nossa humanidade às vezes se “desapega” do que Deus quer ai temos algo que chamamos de INTERESSE ÚNICO E PESSOAL.
Agindo assim não desistimos da caminhada, mas passamos a lutar desamparados e sozinhos somos mais susceptíveis às quedas e fracassos. “(…) Então agora vocês creem? Pois chegou a hora de vocês todos serem espalhados, cada um para a sua casa; e assim vão me deixar sozinho”.
Lembro de um testemunho de um amigo que era um grande pregador. Conta ele que certa vez foi tomado de tanto orgulho e soberba que se “dava ao luxo” de não se preparar para uma condução ou pregação. Tinha muito conhecimento e era visível o quanto Deus agia através de suas palavras.
Certa vez ao sair de casa para uma pregação foi surpreendido por um pombo que defecou sobre ele sujando assim toda sua roupa. Naquele momento fez uma profunda reflexão: que sua soberba não tinha poder algum sobre o mundo ao seu redor. O que havia lhe acontecido talvez tenha lhe alertado da distancia que estava do que Deus realmente queria. Que apesar da sua profunda boa vontade, agia como aquele jovem rico que um dia indagou a Jesus.
“(…) Certo líder judeu perguntou a Jesus: Bom Mestre, o que devo fazer para conseguir a vida eterna? Jesus respondeu: Por que você me chama de bom? Só Deus é bom, e mais ninguém. Você conhece os mandamentos: Não cometa adultério, não mate, não roube, não dê falso testemunho contra ninguém, respeite o seu pai e a sua mãe. O homem respondeu: Desde criança eu tenho obedecido a todos esses mandamentos. Quando Jesus ouviu isso, disse: FALTA MAIS UMA COISA PARA VOCÊ FAZER. Venda tudo o que você tem, e dê o dinheiro aos pobres, e assim você terá riquezas no céu. Depois venha e me siga. Quando o homem ouviu isso, ficou muito triste, pois era riquíssimo”. (Lucas 18, 18-23)
O que falta pra mim hoje?
Para vencer as tramas desse mundo precisamos muito mais do que apenas de nós mesmos. Se assim continuarmos a agir, em algum momento também seremos perseguidos e apedrejados e lá sucumbiremos. “(…) Eu digo isso para que, por estarem unidos comigo, vocês tenham paz”.
Somos ricos quando estamos presos ao tronco, como jabuticabas, em Deus. Nossos frutos estão atrelados a sua presença; murchamos longe Dele.
“(…) Exorta os ricos deste mundo a que não sejam orgulhosos nem ponham sua esperança nas riquezas volúveis, mas em Deus, que nos dá abundantemente todas as coisas para delas fruirmos. Que pratiquem o bem, se enriqueçam de boas obras, sejam generosos, comunicativos, ajuntem um tesouro sólido e excelente para seu futuro, a fim de conquistarem a verdadeira vida”. (I Timóteo 6, 17-19)
Um Imenso abraço fraterno.


Um comentário:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Postar um comentário