.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

"NA CASA DE ME PAI HÁ MUITAS MORADAS." – Olivia Coutinho

 
Dia 12 de Maio de 2017
 
Evangelho de Jo14,1-6
 
O Ministério de Jesus, foi marcado pela dedicação carinhosa a todos que o Pai lhe confiara! Todo o cuidado que Jesus teve para com os seus discípulos, tanto na formação deles, quanto na parte afetiva, Ele tem com cada um de nós que somos os discípulos de hoje!
Não tivemos o privilégio de conviver com Jesus fisicamente, de andar com Ele pelas vielas da vida, como tiveram os primeiros discípulos, mas temos a alegria de conviver com Ele por meio do Espírito Santo! Esta relação de amor e de intimidade, deixa-nos seguros quanto ao nosso futuro, pois sabemos, que Jesus, pela a cruz, já conquistou uma morada definitiva para nós, na casa do Pai! O que não podemos, é perder a chave que abre esta casa, que é a nossa salvação!
Depois de ter passado pela cruz, de ter nos trazida a vida nova com a sua ressurreição, Jesus não mais precisará afastar-se de nós como foi preciso afastar temporariamente dos primeiros discípulos, hoje, podemos contar a sua presença permanente junto de nós!
No evangelho que a liturgia de hoje nos apresente, Jesus, em mais um de seus discursos de despedida por ocasião de sua volta para o Pai, faz chegar ao coração dos discípulos uma grande consolação!
Os discípulos estavam vivendo momentos angustiantes, eles tinham muitas dificuldades em entender as últimas revelações de Jesus, que lhes indicava uma separação que lhes seria muito doída! Eles, que tinham deixado tudo para seguir Jesus, que haviam depositado o destino de suas vidas inteiramente Nele, não conseguiam imaginá-los sozinhos, sem a presença física do Mestre, do amigo, do companheiro de todas as horas.
Jesus, desejoso de suscitar em seus corações pensamentos positivos dedicava tempo para fazê-los compreender, que aquela separação não seria definitiva, que seria uma separação temporária e que não deveria ser vista como motivo de tristeza e sim de alegria, pois com a sua partida, Ele abriria caminho para o encontro deles com o Pai!
Jesus lhes assegura: “Vou preparar um lugar para vós, e quando eu tiver ido preparar-vos um lugar, voltarei e vos levarei comigo, afim de que onde eu estiver estejais também vós.” E acrescentou: “Para onde eu vou vós conheceis o caminho.”
Tomé, não entendendo o sentido destas palavras, interpela Jesus dizendo: “Nós não sabemos para onde vais. Como podemos conhecer o caminho?” Esta imaturidade de Tomé, pode ser encontrada também em nós, a imaturidade na fé, nos leva a questionar, a buscar explicação para o que já está explicado! Para quem crê, nenhuma explicação é necessária, mas para quem não crê, nenhuma explicação é suficiente! 
“Eu sou o caminho a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai se não por mim.” É pela fé que reconhecemos Jesus como o nosso Deus e Senhor, que o acolhemos como caminho verdade e vida!
Fomos criados para relacionar com Deus e esta relação amorosa se faz por meio de Jesus, foi Jesus, quem nos possibilitou uma morada na casa do Pai!

FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho
Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook

2 comentários:

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Postar um comentário