.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

sexta-feira, 8 de julho de 2016

“NÃO TENHAIS MEDO!” – Olívia Coutiho

 
Dia 09 de Julho de 2016
 
Evangelho de Mt10,24-23
 
Quando fazemos a experiência do amor de Deus, no encontro com Jesus, a nossa vida se transforma, o medo dá lugar a coragem, as tristezas se transformam em alegria e a esperança vira certeza! 
No evangelho que a liturgia de hoje nos apresente,  Jesus, mais uma vez,  orienta os seus discípulos,  no sentido  preveni-los, quanto as artimanhas dos inimigos.  
Jesus sabia, que após a sua volta para o Pai, os discípulos,  teriam que enfrentar muitos desafios pelo caminho, pois os seus opositores iriam persegui-los da mesma forma que o perseguia! Encarregados de continuar a missão de Jesus, os discípulos  corriam um duplo risco: o risco de se deixarem contaminar pelo o  fermento  dos fariseus e com isso abandonarem a missão, e o risco deles caírem nas armadilhas do inimigo, Isto é: de não terem coragem de testemunhar Jesus diante os seus opositores.
O texto chama a nossa atenção sobre a importância de darmos testemunho de  Jesus, o que devemos fazer em qualquer circunstancia, sem temer as consequências!
Testemunhar Jesus, em nossas comunidades, onde impera o bem, é fácil, pois lá não existe forças contrárias, o difícil mesmo, é testemunhá-Lo no nosso cotidiano, em meio as turbulências  do mundo!
Ai de nós, se não declararmos a favor de Jesus em meio as forças contrárias! O próprio Jesus  nos diz: “Todo aquele que se declarar a meu favor diante dos homens, também eu me declararei em favor dele diante do meu Pai que estás no céus. Aquele porém, que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante do meu Pai que estás no céus.” (Mt10,32-33)
Dar testemunho de Jesus pode implicar grandes riscos, porém, o pior de todos os riscos, é não aceitar o desafio do testemunho, o que pode nos condenar à pior de todas as trevas: não sermos reconhecido por Jesus!
Muitos de nós, cremos em Jesus, mas temos medo das consequências  do testemunho, consequências, que  não são poucas, pois  o testemunho de quem segue Jesus, contraria o interesse de muitos.
Jesus nunca prometeu facilidades aos seus seguidores, Ele mesmo usou a metáfora: “ser cordeiro no meio dos lobos” quando no envio dos discípulos!
Por tanto, nós, os discípulos de hoje, devemos estar cientes de que a caminhada de quem anuncia a Boa Nova do Reino, é árdua, requer  coragem e persistência!
“... Temei aquele que pode destruir a alma...” Com essas palavras, Jesus nos alerta, quanto  ao perigo de cairmos nas armadilhas do inimigo disfarçado de amigo, destes, nós devemos temer, pois eles podem nos levar a pecar, estes, apesar de não serem nossos inimigos declarados, são nossos  piores inimigos! Se não ficarmos atentos, eles podem nos tirar a vida, ao nos tirar de Deus.
O medo sobrevive da escuridão, assim sendo, basta acendermos uma luz, que o medo desaparece! Ora, se somos filhos da luz, já vivemos na claridade, portanto, não justifica interrompermos o anuncio do Reino, por medo. 
“Quanto a vós, até os fios de cabelos da vossa cabeça estão contados." Jesus  garante total segurança  a todos que se entregam a missão,  afirmando, que nada será tirado dele, sem o consentimento de Deus! Pensemos bem: se até a quantidade dos nossos  fios de cabelos são do conhecimento de Deus, imagine quão é grande o seu amor por nós, o quanto devemos nos sentir seguros! 
Medo, não pode fazer parte da vida de quem é cuidado por Deus!

FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho
Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook:

2 comentários:

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe.

Anônimo disse...

É VERDADE O MEDO NÃO PODE FAZER PARTE DE QUEM É DE DEUS.
OBRIGADA.

Postar um comentário