.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

“QUEM VEM A MIM NÃO TERÁ MAIS FOME...” Olivia Coutinho


Dia 02 de Maio de 2017

Evangelho de Jo6,30-35

Quem se alimenta do Pão da vida que é Jesus, encontra vida e se torna vida na vida do outro! 
Quem se deixa orientar pelas palavras de Jesus, direciona a sua existência como uma flecha que busca o seu alvo, e o alvo de quem configura a sua vida em Jesus, é o próprio Deus! 
O evangelho que a liturgia de hoje nos convida a refletir, começa dizendo que a multidão perguntou a Jesus: “Que sinal realizas, para que possamos ver e crer em ti? Que obra fazes?” Como vemos, era uma multidão exigindo condições para crer em Jesus, querendo sinais da sua Divindade! Mas Jesus não cede a esta exigência, afinal, Ele não precisaria provar a sua divindade, os sinais que Ele havia realizado até então, atestavam que Ele era o Messias, o Filho de Deus, só não via quem estava com o coração fechado!
Jesus se revelava como Pão do céu, mas o povo não entendera  a que Pão Ele se referia, por estarem fixados no pão material.
 Somente pela fé, é que  reconhecemos  Jesus como o nosso Deus e Senhor, Ele é o sinal por excelência do amor do Pai, o Pão vivo que desceu do céu para dar vida ao mundo! Jesus é o alimento que verdadeiramente nos sustenta, o Pão descido do céu, aquele que nos possibilita alcançar a vida em plenitude! 
Ao apresentar-se como Pão da vida, Jesus atinge o ponto máximo de sua doação, se dando como nossa comida e nossa bebida! Na Eucaristia, é selada a comunhão de irmãos, sinal inviolável da presença viva de Jesus em nós.
“Pão e Vinho consagrados, verdadeiramente o Corpo e o Sangue de Jesus.” Quando alimentamos deste Pão da vida, a humanidade de Jesus se  prolonga em nós, nos tornando eucarísticos, sinal vivo do seu amor no mundo!
O Pão que Jesus nos dá, é a sua própria carne, é  Pão que nos transforma que vai minando a força do egoísmo enraizada em nós, nos tornando livres para vivermos em comunhão com Ele e com os irmãos!
A vida iniciada aqui na terra, quando alimentada do o Pão da vida, não será interrompida com a nossa morte física, é o próprio Jesus quem nos garante isso, ao nos indicar o caminho da eternidade: “Eu sou o pão vivo, descido do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente”. (Jo 6, 51).
Viver em comunhão com o Cristo nesta vida é a certeza de permanecer com Ele na Eternidade!
Sem retirar as vendas dos nossos olhos, sem atravessar as “pontes” que encontramos pelas estradas da vida, não iremos perceber, que muitas das vezes em que caímos no vazio, é porque nos falta esse alimento imprescindível para o nosso sustento, o Pão que vem do céu, o Pão da vida que é Jesus!
Jesus é o único alimento que não perece, que nos sustenta verdadeiramente, Ele deve ser a nossa única meta, o caminho que nos leva a felicidade plena, mas não podemos esquecer: é na relação humano com humano, que esse Pão da vida se faz presente em nós!
Se buscarmos em primeiro lugar, o Pão do céu, com certeza, nunca nos faltará o pão material.

FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho
Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook



4 comentários:

Celio Castro disse...

QUE A LUZ E O ESPÍRITO SANTO DE DEUS, SEMPRE VENHA REVELAR-TE BELAS E SÁBIAS PALAVRAS, MINHA QUERIDA, OBRIGADO E DEUS TE ABENÇOE. AMÉM.

Maria de Fatima de Castro disse...

Amém! Olivia, Que Deus, lhe de muita saúde e sabedoria a cada dia!

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Osmar Escorcio disse...

Professora Olivia, Parabéns.
Como não chamá-la de Doutora depois de uma reflexão dessa magnitude...
Eu tenho aprendido muito. Suas reflexões, para mim, não é apenas uma bússola que indica o caminho de Deus, mas estimula-me a buscar mais e melhor aprendizado formal...

Postar um comentário