.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

O exercício do amor nos faz felizes-Helena Serpa


11/05/2017 -  5ª. Feira – IV Semana da Páscoa - Atos 13, 13-25 – “  a história da nossa salvação”
A pedido dos chefes da sinagoga de Antioquia, Paulo encorajou o povo que estava ali reunido para ouvir sobre a lei e os profetas. Recordando a sua própria história, isto é, a história de Israel e partindo da sua origem, Paulo relembrou a passagem do povo pela escravidão do Egito até que Deus de lá o tirou com braço poderoso. Falou do zelo de Deus que os cercou de cuidados no deserto durante quarenta anos. Por fim, discorrendo sobre os reis, desde Saul até Davi, Paulo anunciou o Nome de Jesus Cristo, Aquele que fora prometido por Deus para salvar Israel. Assim, ele mostrou àquele povo que, a partir da sua história, havia um sentido para o seu viver e que ele precisava abraçar a salvação de Jesus, homem segundo o coração de Deus, enviado para fazer a Sua vontade. Baseando-nos nisto, nós também, precisamos recordar a história da nossa salvação, partindo das nossas origens, do nosso berço até os dias de hoje quando já tivemos a experiência com Jesus ressuscitado. Esse exercício far-nos-á recordar as maravilhas que têm acontecido na nossa vida, os pequenos milagres que, com certeza, nos servirão de alento, a para  mudar o rumo das nossas preocupações.  É muito bom que de vez em quando façamos uma retrospectiva na nossa existência, até para descobrir em que erramos e em que acertamos e nos sirva de crescimento humano e espiritual e, ao mesmo tempo também reforce a nossa fé no Deus das nossas origens, a fé dos nossos primeiros pais.   - Faça hoje você também como Paulo: recorde a sua história, desde cedo, desde o berço. Perceba o que melhorou na sua vida, na vida da sua família. – E se ainda não está bom, perceba que você ainda tem o tempo de agora para confiar que tudo irá melhorar! – Você sabia que Deus também escolheu os seus antepassados e escolhe você agora, para ser uma grande nação cristã?

Salmo 88 – “Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor”
 O amor de Deus é garantido para sempre na vida daqueles que cantam a Sua verdade. Assim, de geração a geração a graça do Senhor se manifesta e se expande como uma bênção eterna. Se cultivarmos o hábito de dar graças a Deus e de louvá-Lo, com certeza, os nossos descendentes assim também o farão e com eles também sempre estará o braço poderoso do Senhor. Sua verdade  e o Seu amor são como uma corrente elétrica que se distribui através dos tempos.


Evangelho -  João 13, 16-20 – “O exercício do amor nos faz felizes”

Durante o tempo em que viveu aqui na terra e por meio das Suas ações em obediência a vontade do Pai, Jesus nos deu diversas instruções para que pudéssemos nos realizar como pessoas. Assim aconteceu com o seu gesto de lavar os pés dos apóstolos na última ceia!  Com a Sua ação Jesus nos ensinou o caminho que nos leva à realização do nosso eu interior.  Por isso, Ele disse: “O servo não está acima do seu senhor... se sabeis isso e o puserdes em prática, sereis felizes”. O exercício do amor ao próximo por amor a Deus, através do nosso serviço é a primeira condição para que sejamos felizes. Com efeito, todo aquele (a) que compreende isto e põe em prática, será feliz!  Quando experimentamos essa realidade na nossa vida, percebemos quão grande significado tem essa palavra de Jesus. A maior parte das pessoas no mundo ainda não encontrou o itinerário para ter harmonia consigo mesma, porque se confunde e deseja apenas ser servida. Há pessoas que se fecham em si mesmas e olham apenas para a sua vida e os seus interesses, por isso, nunca encontram um dia de tranquilidade e paz e vivem amedrontadas temendo as surpresas que ainda estão por vir. No entanto, se fizessem a experiência de “lavar os pés do irmão”, isto é, de se colocarem à disposição do outro se envolvendo com as suas dificuldades, com certeza, perceberiam que no mundo existem aqueles (as) que estão em situação muito pior que a delas e sentiriam felicidade pelos bens que já receberam. Quando fazemos esta experiência  nós constatamos que o nosso eu interior se regozija e que  saboreamos a paz do dever cumprido. Nem todos têm capacidade para entender isso, Jesus mesmo o disse. Porém, como instrumentos do Amor de Deus no mundo, cada um de nós pode ser canal da graça do Pai para atrair a todos a seguirem os passos do Seu Filho Jesus. Através das nossas ações concretas de amor, somos enviados (as) ao mundo para que receba Àquele que o Pai enviou. – Você já entendeu o ato de lavar os pés do irmão? – Como isto tem ocorrido na sua vida? – Como você se sente quando ajuda a alguém, por amor? – Você tem ensinado às pessoas qual é o caminho da felicidade, através da suas ações?   – Você é servo (a) de alguém?

2 comentários:

joao lessa disse...

NOSSO DEUS E NOSSO PAI PERDAO PR MEUS PECADOS E PELOS PECADOS DO MUNDO,OBRIGADO POR TUDO QUE SOU POR TUDO QUE TENHO,IRMAOS E IRMAS QUE A PAZ ESTEJA COM TODO AMEM

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário