.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

A nossa alma que é propriedade de Deus-Helena Serpa

09/07/2016 - Sábado –XIV semana do tempo comum - Isaías 6, 1-8 – “experiência com o Amor Poderoso de Deus”!
“Santo, santo, santo é o Senhor dos exércitos; toda a terra está repleta de sua glória”. O Deus, três vezes Santo e cheio de glória se manifestou a Isaías que se sentiu “perdido diante da presença do Todo Poderoso”. Nós também quando temos uma experiência com o Amor Poderoso de Deus somos levados a reconhecer a Sua santidade intocável, inabalável e, por isso, nos sentimos pequenos, impuros, infiéis, assim como Isaías quando teve a visão do Senhor sentado no trono, cercado de serafins. Deus nos leva a ter uma experiência com Ele para que possamos na terra manifestar a Sua glória! O Senhor purifica os lábios daqueles (as) a quem chama e que se põe à Sua disposição, para que, mesmo continuando pecadores, se sentirem perdoados e sem culpa. Assim, portanto, desaparecem, a nossa iniquidade, a nossa culpa, o nosso pecado e assim, podemos irradiar a glória do céu. Nós somos a glória de Deus aqui na terra quando nos dispomos a ir em missão, anunciando o Seu Nome e proclamando a Sua ação na nossa vida, testemunhando o Seu Amor por onde andarmos. Para isto, precisamos também dizer como Isaías: “Aqui estou! Envia-me! Deus precisa de cada um de nós para levar adiante o Seu Projeto de Salvação. E Ele quer que desempenhemos a nossa incumbência com liberdade de ação, sem culpa, sem peso nem constrangimento. A brasa que toca os nossos lábios é a Palavra que, pelo poder do Espírito Santo, nós proclamamos. Precisamos estar sempre abertos (as) e disponíveis às manifestações do Senhor, porque a qualquer momento Ele
poderá nos enviar em missão e, por isso, nos purificar. – A que ação concreta a experiência de Deus o (a) tem levado? – Você já irradia na terra a glória de Deus? – O que as pessoas dizem de você? –Você se sente impuro (a) diante de Deus?
Salmo 92 – “Reina o Senhor, revestiu-se de esplendor!”
O Senhor é Rei, é poderoso e por isso pode nos revestir do Seu esplendor e nos fazer dar verdadeiro testemunho de santidade mesmo que continuemos sendo pecadores. Não precisamos ter medo. O Senhor quer que sejamos santos e através de nós quer fazer refulgir a Sua santidade aqui na terra.


Evangelho – Mateus 10, 24-33 - “a nossa alma que é propriedade de Deus”
Todas as pessoas que se propõem a seguir Jesus e tê-Lo como Mestre haverão de enfrentar as dificuldades inerentes ao Seu seguimento. Assim como o Mestre foi perseguido e ultrajado, nós os discípulos também o seremos. Jesus nos adverte dizendo que para nós basta ser como Ele. Por isso, não precisamos temer os homens, pois eles matam o nosso corpo, mas não podem fazer nada com a nossa alma que é propriedade de Deus. Por isso, não podemos nos omitir no anúncio do reino dos céus no meio dos homens. Mesmo que passemos pelo vale escuro e a aflição venha bater à nossa porta, podemos ter a garantia da nossa salvação, pois Jesus a conquistou para nós. Só Deus Pai conhece tudo a nosso respeito! Foi Ele quem nos fez, e, somente Ele, poderá saber o que atinge o nosso interior. Deus tem conhecimento até do número dos nossos cabelos e nos dá permissão para falar em Seu Nome e abrir os nossos lábios a fim de divulgar tudo o que Ele nos segredar ao coração. Mediante a Palavra de Jesus, portanto, nunca poderemos ter vergonha de professar a nossa fé e de proclamar de cima dos telhados, isto é, diante dos homens, tudo o que tem acontecido na nossa vida e as graças que temos recebido por causa da nossa fidelidade. A nossa confiança na providência de Deus nas horas em que passamos por situações financeiras difíceis é uma maneira de testemunhar ao mundo que valemos muito mais do que “muitos pardais”, pois Deus cuida de nós. Quando damos demonstração de fraqueza e desconfiança na da Ação salvífica de Deus em nós e na nossa família, nós O estamos negando diante dos homens. Envergonhamo-nos de Deus quando nos encolhemos e nos abrigamos na comodidade nos omitindo não dando a devida atenção aos ensinamentos de Jesus nos calando diante das situações em que o Nome de Deus é injuriado e ultrajado. Quando achamos melhor seguir as teorias mundanas mesmo que conheçamos a vontade do Senhor, porque para nós é mais fácil vivenciá-las e propaga-las. Nesse caso, não seremos reconhecidos como seguidores de Cristo e filhos queridos do Pai. Do contrário, Jesus irá nos apresentar ao Pai e nos defenderá se, aqui na terra, nós também fizermos o papel de advogados do Seu Nome. Talvez, achemos que isto é difícil acontecer, mas façamos uma reflexão: – Você transmite ao mundo que Jesus é Deus e que mudou a sua vida? – Você tem vergonha de falar em nome de Jesus no meio das pessoas que fazem troça das coisas de Deus? - Na hora da tribulação você se revolta achando que não merece aquela provação? – Você fala abertamente no Nome de Deus? – Você tem coragem de orar em público, no meio dos “ateus”?

3 comentários:

Anônimo disse...

MUITO OBRIGADO MEU SENHOR POR TUDO QUE SOU POR TUDO QUE TENHO,SENHOR QUE MEU CORAÇAO SEJA TOMADO DE TAO GRANDE AMOR TAMBEM PARA COM MEUS IRMAOS QUE UM DIA TODOS NOS POSSAMOS FALAR A MESMA LINGUA E PROCLAMEMOS A TUA SANTA PALAVRA.

José Maria Nascimento disse...

Obrigado por compartilhar estas reflexões tão elucidativas!!!

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe.

Postar um comentário