.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quinta-feira, 29 de maio de 2014

ASCENSÃO DO SENHOR-Helena Serpa

1 de Junho de 2014
Evangelho - Mt 28,16-20-

DOMINGO DA ASCENSÃO DO SENHOR


 1ª. leitura – Atos 1,1-11 – “por que ficar parado olhando para o céu? ”

Lucas, o autor dos Atos dos Apóstolos nos descreve como Jesus manifestou ao mundo o porquê da Sua vinda, da Sua entrega na Cruz e da sua Ressurreição. Jesus foi ressuscitado por Deus, mas agora, com o Seu próprio poder, elevou-se ao céu, assentando-se à direita do Pai, glorificado e exaltado como Senhor do céu e da terra. Da mesma forma como subiu aos céus, Jesus virá um dia, glorioso, para julgar os vivos e os mortos, por isso, a liturgia de hoje nos motiva assumirmos uma vida nova, através da missão de testemunhas do Cristo glorioso e poderoso, preparando a Sua segunda vinda. Às vezes nós ficamos esperando do céu algum direcionamento para começarmos a nossa missão e esquecemos de que Jesus já nos convidou a colocarmos nossas “mãos a obra” dando passos concretos em busca do que nos é proposto. Não precisamos ficar literalmente olhando para o céu a esperando que Ele volte. Jesus nos manda ir a Jerusalém! Jerusalém é hoje, o lugar onde nos reunimos, em Nome de Jesus, para recebermos o dom do Espírito Santo e, assim, sermos protagonistas da Seu projeto de Salvação. Jerusalém é a nossa família, é a nossa Comunidade é a Igreja, que nos reúne e nos congrega para a vivência do amor. Por onde nós andamos, nas nossas ações, com as nossas palavras, enfim, com a nossa vida, nós podemos testemunhar a glória de Deus. Quando nos reunimos em Nome de Jesus o Espírito Santo se manifesta e nos esclarece todas as dúvidas. Assim sendo, é o Espírito quem nos dá forças e direcionamento para uma vida plena de conformidade com a vontade do Pai - Por que demoramos em atender o Seu chamado? – Será que você acredita mesmo na Palavra de Jesus? – O que você tem esperado acontecer para assumir a missão que o Senhor o (a) destinou? – O que você tem deixado para depois? – Depois de que? – Quando? – Onde? 


Salmo 46 – “Por entre aclamações Deus se elevou, o Senhor subiu ao toque da trombeta” 

O salmo exalta a Jesus, o Deus que se elevou ao céu por entre aclamações e admiração dos Seus seguidores, portanto, poderoso, vencedor da morte e Rei de todas as nações. Jesus subiu ao toque da trombeta e voltará a nós atendendo às preces do nosso coração que clama: “Vem Senhor Jesus”! Ele é o grande rei de toda a terra e a Ele rendemos adoração e louvor. 

2ª. Leitura– Efésios 1, 17-23 – “a esperança a que somos chamados”


Em suas palavras São Paulo confirma a obra de Deus Pai por meio do Seu Filho Nosso Senhor Jesus Cristo a quem pertencem a glória e o poder rogando-Lhe que nos conceda um espírito de sabedoria a fim de que possamos conhecer verdadeiramente o que Ele tem preparado para a nossa felicidade. Precisamos ter o nosso coração aberto à luz de Cristo a fim de que saibamos qual a esperança a que somos chamados e como poderemos nos apossar da riqueza da Sua glória que é a herança que receberemos juntamente com todos os santos, no céu. Ao elevar-se ao céu e sentar-se à direita do Pai, acima de toda a autoridade, poder, potência e soberania Jesus pôs tudo sob os Seus pés e fez com que nós também estivéssemos juntos com Ele. Logo, se somos membros do mesmo Corpo e se Ele é a Cabeça, estamos todos juntos, céu e terra, reunidos num só coração. Um dia, nós estaremos também no céu, todavia, desde já, podemos desfrutar dessa realidade. Que o Senhor nos concede o espírito de sabedoria para que nos comportemos como cidadãos do céu. – Você sabia que está ligado (a) ao céu porque pertence ao Corpo do Cristo glorioso? – Você tem dado testemunho de que participa desta glória? - Você já acolheu o espírito de sabedoria que Jesus prometeu? – Você já tem entendimento da esperança a que Cristo o (a) chamou? – Você é uma pessoa que transmite esperança aos outros? 




Evangelho – Mateus 28, 16-20 – “Sob a autoridade de Jesus”

“Ide e fazei discípulos meus todos os povos, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ensinando-os a observar tudo o que vos ordenei!” Esta é também hoje a nossa missão, HOJE!É a missão mais sublime da nossa existência e também a nossa obrigação diante da Palavra de Deus. “Toda autoridade me foi dada no céu e sobre a terra.” Se prestássemos mais atenção nas palavras de Jesus, nós não colocaríamos nenhuma outra missão em primeiro lugar na nossa vida. Nem o trabalho, nem a família, nem o lazer deveriam ter primazia na nossa vida se realmente nós estivéssemos sob a autoridade de Jesus, o Senhor do céu e da terra. Conscientes disso, nós precisamos repensar a nossa vida para que não sejamos devedores ante a Palavra de Deus! O próprio Jesus nos diz em João 12, 47.48b: ”Se alguém ouvir as minhas palavras e não as observar, eu não o julgo, porque eu não vim para julgar o mundo, mas para salvá-lo … a palavra que eu falei o julgará no último dia” Às vezes, nós condicionamos a Palavra de Deus de acordo com os nossos próprios interesses e nos esquecemos de que estamos em débito com o mandato de Jesus. Para nós, criaturas vulneráveis e inconstantes, é sempre muito difícil conciliar as nossas obrigações humanas vivenciais com a Palavra de Deus, no entanto, o mesmo Jesus nos garante: “Eis que estarei convosco todos os dias, até o fim do mundo”. A certeza de que Ele está conosco todos os dias até o fim do mundo, isto é, enquanto estivermos aqui na terra, nos dá a motivação e a força para sermos fiéis às Suas ordens. Por onde nós andarmos e onde nós estivermos não podemos esquecer de que Jesus espera de nós o cumprimento da Sua Palavra. Fazer discípulo de Jesus é levar as pessoas a imitá-Lo; é dar testemunho da Sua ação salvífica; é exalar no mundo o perfume do amor de Deus que se expressa no coração daquele (a) que é batizado (a) em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. É expressar com a vida os ensinamentos do Mestre que veio ao mundo revelar aos homens o plano de amor do Pai que o ressuscitou dos mortos. Porém, foi pelo Seu próprio poder que Jesus subiu aos céus onde está sentado à direita do Pai, participando da glória e nos inserindo também com Ele no mistério da Sua Igreja. – Você tem cumprido com o mandato de Jesus? – Você tem evangelizado a sua família dentro da sua casa? – Você tem dado testemunho de verdadeiro cristão (ã)? – Há alguma diferença entre o seu comportamento dentro da Igreja e fora dela? – Você é coerente nas suas atitudes? 

Helena Serpa, 
Fundadora da Comunidade Missionária Um Novo Caminho

Um comentário:

José Maria Nascimento disse...

Cada vez melhor! Obrigado!!!

Postar um comentário