.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

terça-feira, 3 de setembro de 2013

O oração é um perfume valioso - Helena Serpa


19 de Setembro

Evangelho – Lucas 7, 36-50 – “a oração é um perfume valioso”

O episódio da “pecadora perdoada” Jesus nos ensina que o amor demonstrado por nós é o maior motivo para que sejamos absolvidos (as) das nossas transgressões. Jesus nunca deixou passar as oportunidades para acolher os pecadores e ministrar o perdão dos pecados. Por isso os gestos daquela mulher a quem todos apontavam como sendo uma pecadora tocaram tão profundamente o coração de Jesus. Assim, Ele percebeu nela um verdadeiro arrependimento e observou a coragem como que ela enfrentou os “fariseus” a fim de estar aos Seus pés banhando lhes com suas lágrimas e ungindo-os com um perfume valioso. Para aquela mulher nada importava mais do que receber o perdão de Jesus e demonstrar a Ele o seu grande amor. Podemos então, verificar que o perdão de Deus está condicionado ao nosso coração contrito e cheio de bons propósitos. O perfume valioso poderá ser a nossa oração nos momentos em que, também, nos deixamos estar aos pés de Nosso Senhor. Demonstramos muito amor e confiança quando dobramos os joelhos diante Dele e com as nossas lágrimas de arrependimento sincero e com a nossa oração penitente beijamos os Seus pés. Beijar os pés de Jesus é adorá-Lo na Santa Eucaristia, é acolher a Sua Palavra no coração e também, servi-Lo na pessoa dos nossos irmãos e irmãs. Portanto, temos também muitas oportunidades para, como a mulher da história, comprovar o nosso amor por Jesus colocando diante dele o nosso coração arrependido e cheio de boas intenções. – O que você “tem feito” para ser perdoado (a) dos seus pecados? – Você tem demonstrado amor nas ações do seu dia a dia? – Como está a sua vida de oração? – Você tem estado aos pés de Jesus, arrependido (a)? 

Helena Serpa, 

Um comentário:

Claudio Parra disse...

Prezada Helena Serpa, como é muito útil sua reflexão, também da leitura, sinto que não comente a leitura também todos os dias.

Postar um comentário