.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

terça-feira, 7 de junho de 2016

A melhor oração é amar-Helena Serpa

12/06/2016 - 11º DOMINGO Tempo Comum - 1ª Leitura -  2 Sam 12, 7-10 e 10,13 – “o pecado de Davi”
Davi foi ungido rei e abençoado por Deus, mas prevaleceu-se da sua autoridade para tomar a mulher do hitita Urias mostrando a sua fragilidade quando o fez morrer pela espada. A sua fraqueza foi maior do que a sua firmeza de espírito, no entanto, quando Natã o interpelou, Davi reconheceu o seu pecado e arrependido suplicou perdão ao Senhor. Deus o perdoou, mas não impediu de que o seu filho com a mulher de Urias morresse. Assim acontece com cada um de nós.  Mediante o nosso coração arrependido, o Senhor perdoa as nossas faltas, mas as consequências das nossas ações ficam como uma cicatriz na nossa alma, não pela vontade de Deus, mas como marca da nossa vida. Precisamos estar conscientes de que “quem brinca com o fogo acaba se queimando” e sente os efeitos de uma queimadura. Assim, o pecado que cometemos deixa marcas profundas no nosso ser. – Você se sente completamente perdoado (a) por Deus quando confessa o seu pecado? – Você sente que alguma marca ficou gravada em você mesmo depois da confissão? – Você confia plenamente na misericórdia de Deus? – Você reconhece o seu pecado?
Salmo 31 – “Eu confessei, afinal, meu pecado e perdoastes, Senhor, minha falta.
Precisamos pedir ao Espírito Santo que apague toda marca que ficou gravada em nós. Faça, hoje, a oração desse salmo pedindo ao Senhor a cura completa da sua alma

2ª Leitura - Gálatas 2, 16.19-21 – “justificados pela Fé”
A Fé em Jesus é o único meio para a nossa justificação diante do Pai. É isto que São Paulo nos ensina: morrer para a lei, a fim de viver para Deus. Nós desprezamos a ação do Espírito Santo quando tentamos fazer todas as coisas bem certinhas com o intuito de não infringir a lei. É o Espírito Santo quem imprime em nós a lei do amor. Ao contrário, quando agimos por amor e nos entregamos plenamente ao agir do Espírito em nós, podemos dizer como São Paulo: “eu vivo, mas não eu, é Cristo que vive em mim”! Nós também fomos pregados na Cruz de Jesus e com Ele ressuscitamos. O nosso pecado ficou no sepulcro, por isso, podemos ser novas criaturas, no Espírito, pois somos justificados pela fé em Jesus Cristo. – Você acha que precisa fazer força para cumprir a lei de Deus? – Você deixa de fazer as coisas erradas com medo do castigo ou por não querer entristecer a Deus? Você já experimentou entregar-se à ação do Espírito santo? - Você gosta de se justificar?

Evangelho - Lucas 7, 36—8,3 – “a melhor oração é amar”


Maria Madalena nos dá uma amostra de como receber o perdão de Deus: amar. Jesus, neste Evangelho nos ensina que o amor demonstrado por nós é o maior motivo para que sejamos absolvidos (as) das nossas transgressões.  Aquela pecadora que entrou de repente na casa do fariseu mostrou que tinha muito amor desde a hora da sua chegada. Os seus gestos tocaram profundamente o coração de Jesus que percebeu nela um verdadeiro arrependimento. Ela desafiou e enfrentou o julgamento daqueles homens, por amor a Jesus e não se incomodou com o que os “fariseus” diriam dela e afrontou a todos para estar aos Seus pés banhando-os com suas lágrimas de arrependimento e com o melhor perfume que ela possuía. Para ela nada importava mais do que receber o Seu perdão e demonstrar a Ele o seu grande amor. Com aquele gesto ela evidenciou que seria capaz de dar a vida por Ele e não relutou.  Por isso Jesus disse: “os muitos pecados que ela cometeu estão perdoados porque ela mostrou muito amor”!  O amor que demonstramos quando fazemos qualquer coisa para Jesus é suficiente para apagar uma multidão das nossas faltas. O perfume valioso é a nossa oração e os momentos em que dedicamos a estar perto de Nosso Senhor. Assim também nós demonstramos muito amor quando nos rendemos aos pés de Jesus com as nossas lágrimas de arrependimento sincero e com a nossa oração penitente. – O que você “tem feito” para ser perdoado (a) dos seus pecados?  – Você também tem demonstrado amor nas suas ações?O que você tem oferecido a Jesus? -Você tem chorado os seus pecados aos pés de Jesus? – Com que sentimento você faz isto?

2 comentários:

Anônimo disse...

SENHOR EU TE AMO TE ADORO,PEÇO QUE MEUS PECADOS SEJAM PERDOADOS,MAS PARA ISSO PRECISO PERDOAR TAMBEM AO IRMAO QUE OFENDI.MISERICORDIA SENHOR POIS SOU FRACO,PRECISO QUE ME ILUMINE COM O TEU SANTO EXPIRITO AMEM.

José Maria Nascimento disse...

Obrigado!!!

Postar um comentário