.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

“O FILHO DO HOMEM NÃO TEM ONDE REPOUSAR A CABEÇA.” - Olivia Coutinho.

 
13º DOMINGO DO TEMPO COMUM
 
Dia 26 de Junho de 2016
 
Evangelho de Lc9,51-62
 
O Evangelho que a liturgia de hoje nos convida a refletir, é composto de duas partes. Na primeira parte, somos convidados a meditar sobre o início da caminhada de Jesus, rumo a Jerusalém! A caminho da morte, Jesus  ia  ensinando os discípulos o caminho da vida!
Como qualquer um de nós, os discípulos queriam facilidades, eles pensavam, que com Jesus, os seus caminhos estariam abertos, mas Jesus lhes diz o contrário: o caminho precisava ser feito!
Os discípulos viam em Jesus um Rei, um Rei que iria enfrentar os seus  inimigos com severidade, como faziam os  reis daquela época.  Na mente deles, os inimigos seriam  vencidos pela força física, mas Jesus lhes mostra o contrário ao repreendê-los, quando  eles, (Tiago e João) quiseram responder com violência a um desagravo por parte dos samaritanos.  Foi surpreendente para os discípulos, a forma de Jesus lidar com as ofensas, diferente deles, que eram  acostumados com o revide. A partir então, eles  começaram a entender as exigências do seguimento a Jesus, um entendimento que foi acontecendo através de um processo lento.
Com este episódio, Jesus deixou claro para os discípulos e hoje para nós, que na dinâmica do Reino não cabe vingança!
A segunda parte do evangelho,  nos apresenta três situações que nos mostram claramente, que não basta querer seguir Jesus, é preciso se enquadrar nas exigências deste seguimento! Na primeira situação, alguém manifesta seu desejo em seguir Jesus, mas não se dá conta da dimensão deste seguimento: “Eu te seguirei para  onde quer que fores.”  Na segunda situação, alguém é convidado a segui-lo, e  este, pede tempo: “Deixe-me primeiro ir enterrar meu pai.”  E na terceira situação, tudo se repete: alguém adia o seguimento a Jesus, com mais uma desculpa: “Eu te seguirei Senhor, mas deixa-me  primeiro despedir dos meu familiares.” Jesus, aproveita estas três situações, que retrata a postura de muitos mediante ao seu chamado,  para  nos deixar uma mensagem muito clara: o seguimento a  Ele, é exigente, implica em mudança radical de vida,  exige de nós muito mais do que boa vontade, do que entusiasmo, exige compromisso, fidelidade, desprendimento, disposição em  deixar muitas coisas para trás!
Estas três situações, chama a atenção de muitos de nós, que manifestamos o desejo de seguir Jesus, mas ficamos sempre adiando este seguimento,  nos escondendo atrás das mais variadas desculpas: vou aceitar o chamado de  Jesus, depois de terminar  meus estudos, depois que meus filhos crescerem, quando eu  me aposentar... E assim, vamos perdendo a oportunidade de viver  uma intimidade profunda com Jesus no serviço prestado ao Reino,  esquecendo,  de que o nosso tempo de vida terrena é curto e que às vezes, nem haja mais tempo para um novo chamado Dele!
Nossa opção por Jesus,  não pode subordinar-se a nenhuma outra, por isso, quem deseja de fato segui-Lo, deve apresentar-se a Ele completamente livre de qualquer apego.
O primeiro passo de quem quer seguir Jesus de fato, consiste em renunciar a si mesmo, em colocar o seguimento a Ele como prioridade absoluta em sua vida.
Jesus é o nosso modelo de vida, Ele é o caminho a verdade e a vida, a nossa opção por Ele tem que ser radical, do contrário, ficamos na superficialidade da fé, não adentramos na dinâmica do Reino!
Em momento algum, Jesus  iludiu os seus seguidores com facilidades, Ele sempre deixou claro que a caminhada do discípulo é desafiadora! Desafiadora, mas gratificante, pois quem o segue, terá como recompensa a vida eterna, vida eterna, que já podemos começar a usufruir no aqui e no agora, pois quem vive em Jesus e Jesus vive nele, já experimenta aqui na terra o gosto da vida em plenitude! 
 
FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho
Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook:

3 comentários:

Anônimo disse...

OLÍVIA PARABENS PELA REFLEÇÃO!
Já estou me preparando para repassar na comunidade no
domingo. DEUS lhe pague.

Feli disse...

Obrigado Olívia Deus lhe pague.
Passarei amanhã para comunidade.
Feliciano.

Anônimo disse...

Deus abençoe cada vez mais esse dom do entendimento da palavra que vc tem...sempre venho aqui pra me ajudar nas homilias...

Postar um comentário