.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

As tempestades que nos abalam-HeleSerpa

28/06/2016 - 3ª. Feira –XIII semana do tempo comum -  Amós 3,1-8; 4,11-12 – “Deus não fará nada sem antes avisar aos seus servos, os profetas”
Ao longo dos tempos Deus tem revelado o Seu plano por meio dos Seus profetas e, ao mesmo tempo, tem orientado e repreendido a todos os que são escolhidos e reconhecidos por Ele, para ser o Seu povo. Assim sendo, as revelações que os profetas fazem em nome do Senhor são exortação, aviso e sinal,   de Deus para nos exortar, admoestar, consolar e animar. Assim como acontece quando ouvimos rosnar o leão, ou algum ruído estranho que nos avisa de que algo está acontecendo, os sinais do Senhor, muitas vezes, são como uma armadilha na qual caímos, mas têm o objetivo de nos fazer voltar atrás nas nossas iniquidades. O Senhor não se cansa de nos chamar à conversão e à mudança de vida. Convoca-nos para assumir a nossa parte no Seu projeto. Deus não fará nada sem antes avisar aos seus servos, os profetas que são instrumentos para nos atrair e nos fazer viver uma vida em plenitude. Ainda hoje os profetas são aqueles escolhidos pelo Senhor para nos mostrar o caminho da santidade. Nunca poderemos dizer que o Senhor nos abandonou, porque toda a lei está contida no livro da vida que é ensinada e proclamada pelos profetas. Precisamos, portanto, estar atentos aos acenos de Deus. Tudo o que acontece na nossa vida tem um sentido e quando estamos ligados a Deus “enxergamos” nas entrelinhas, os Seus recados. - Você percebe os sinais de Deus através dos acontecimentos, do que dizem as pessoas e das diversas situações da sua vida? – Você já aprendeu que o Senhor está sempre se comunicando com você e exortando, a partir dos seus próprios pensamentos? - Você tem um coração tranqüilo em relação à justiça de Deus para com você?
        
      Salmo 5 –“ Na vossa justiça, guiai-me, Senhor!
O Senhor guia o seu povo na justiça, reza o Salmo no. 5. Porque Ele é justo e sabe de todas as coisas, abomina o mal e acolhe o bem. É por graça e misericórdia que nós podemos adentrar na casa do Senhor e ter com Ele intimidade. Como pecador arrependido nós temos a chance de adorá-lo e com Ele caminharmos.


Evangelho – Mateus  8, 23-27 – “as tempestades que nos abalam”
Saber e confiar em que Jesus está sempre perto de nós são uma grande garantia para que possamos enfrentar as tempestades que nos abalam.  Por isso, o Evangelho da tempestade acalmada nos leva a refletir sobre o grau de confiança que temos na presença de Jesus na barca da nossa vida. A nossa fé é o termômetro, portanto, o que está à nossa vista, o que consigamos tocar não é sinal de fé, precisamos ir mais além, mesmo que nada comprovemos.  Não conseguimos ver Jesus literalmente, mas sabemos que Ele está muito perto de nós e age na nossa vida. Mesmo que às vezes venhamos a nos angustiar necessitamos ter consciência de que Ele está conosco, aparentemente, “dormindo”, mas tem conhecimento de tudo o que se passa conosco.  Quando damos lugar a Jesus na barca que nos abriga, cedemos também a Ele autoridade para intervir e agir em nós em todos os momentos.     É importante que também saibamos clamar com confiança, pois Ele espera de nós a expressão do nosso desejo, o nosso apelo e a nossa súplica: “Senhor, salva-nos, pois estamos perecendo!”  O nosso clamor é um sinal de humildade e reconhecimento da nossa incapacidade, por isso é esta a oração que devemos fazer nos momentos de sufoco.  De uma maneira teológica nós sabemos que a Barca é a Sua Igreja que navega no mar do mundo. Como Igreja, nós sabemos que existe um chefe Supremo, aqui representado pelo Santo Padre, o Papa, que, inspirado pelo Espírito Santo não a deixará afundar, mesmo passando pelas dificuldades e perseguições do mar revolto do mundo. – Você costuma pedir socorro a Jesus na hora das tempestades, ou você apela mais para o socorro dos homens? – Já aconteceu de você também achar que Jesus está “dormindo” e não o (a) escuta? – O que você considera como tempestade na vida? – Você reconhece a autoridade do Santo Padre, o Papa Francisco?


3 comentários:

José Maria Nascimento disse...

Obrigado!!!

Mariano Silveira disse...

Fica C/ DEUS. Bela reflexão

Anônimo disse...

SENHOR MEU DEUS FICA COMIGO POIS SOU FRACO E PRECISO DE TUA PRESENÇA ILUMINAI O MEU CAMINHO E O CAMINHO DE MEUS IRMAOS PERDAO SENHOR TENHA MISERICORDIA POR NOSSA FALTA DE CONFIANÇA.

Postar um comentário