.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

"SE ALGUÉM ME SERVE MEU PAI O HONRARÁ.” – Olivia Coutinho

 
Dia 10 de Agosto de 2017
 
Evangelho de Jo12, 24-26

Quando resguardamos a nossa vida, nos trancando em casa, para não nos expor, ou por medo do mundo lá fora, podemos até nos sentir protegidos,  mas não vamos responder as expectativas de Deus, que criou-nos para sermos  presença do seu amor no mundo,  e não,  para sermos meros viventes!
O desejo de Deus é nos ver sempre em movimento, reavivando a presença do seu Filho no mundo, com o nosso jeito alegre e dinâmico de viver!
Fomos criados para exercer uma missão no mundo, se não assumimos esta  missão, não produziremos os frutos esperado por Deus, portanto, passaremos pela vida sem vivê-la!
O evangelho que a liturgia de hoje nos apresenta, nos convida a pautar a nossa vida no exemplo de Jesus, a assumir a fé, com todas as suas consequências.
Desde o início de seu ministério, Jesus  estava ciente do caminho difícil que Ele teria que percorrer, de  todo o sofrimento que estava por vir, mas em momento algum  Ele  fugiu da cruz. 
Mesmo no momento derradeiro a sua morte, Jesus,  encontrou força,  para falar de vida, ou seja, da fecundidade da vida, referindo-se aos frutos que seriam produzidos com a sua morte!
A caminho da morte, Jesus fala de vida, citando o exemplo de uma semente, que só produz frutos, quando cai na terra e morre.
“Se um grão de trigo que cai na terra não morre, ele continuará só um grão de trigo; mas se morre, então produz muito fruto.” Jesus se compara com uma semente, Ele também, assim como uma semente, passaria pela a morte, para produzir frutos! Se Jesus não passasse pela a morte, não haveria ressurreição, portanto, a sua passagem  pela a terra, não produzia frutos. Sem a sua morte e ressurreição,  Jesus  não passaria  de mais um pregador, que passou pelo o mundo, sem transformá-lo.
Foi a partir da sua morte e ressurreição, que Jesus ficou conhecido em todos os rincões da terra! 
Falando claramente de sua morte, Jesus  orienta os seus discípulos para a vida, no sentido de prepara-los bem, afinal, seriam eles os continuadores da sua missão, missão, que não terminaria  com a  sua morte, pois as ações vivificantes  de Jesus, continuariam, com mais intensidade ainda, através dos discípulos.
Já caminhando para o desfecho de sua trajetória terrena, Jesus advertiu os discípulos, e hoje a nós, sobre o perigo do apego a nossa vida, vida,  que na verdade, não pertence a nós,  e sim, a Deus! A  mensagem de Jesus, é clara: somente quem é desapegado, está  livre para servir!
O primeiro passo, de quem deseja assumir o legado de Jesus, servindo-o na pessoa do irmão, consiste em renunciar a si mesmo  para apresentar-se a Ele, completamente livre para servir!
Olhar para cruz, é lembrar o martírio de Jesus, mas é, acima de tudo, vislumbrar um novo horizonte, a vitória da vida sobre a morte.
 
FIQUE NA PAZ DE JESUS! – Olívia Coutinho
Venha fazer parte do meu grupo de reflexão no Facebook:

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário