.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Não podemos nos esquivar das obrigações e dos compromissos que o mundo nos impõe-Helena Serpa





14/08/2017 - 2ª.feira  XIX semana comum – Deuteronômio 10,12-22 – “somos estrangeiros aqui na terra”.
Assim como Moisés determina, para nós também o caminho não mudou: amar e servir a Deus com todo o nosso coração e com toda a nossa alma guardando os Seus preceitos, é o mandamento do Senhor. Moisés também nos propõe a imitar o Senhor, fazendo justiça ao órfão à viúva e ao estrangeiro, isto é, a todas as pessoas indistintamente, mesmo a quem não gostamos ou admiramos. Todos nós somos estrangeiros aqui na terra e de alguma forma, também carecemos e necessitamos uns dos outros. Se tomarmos consciência das instruções de Moisés, mesmo na nossa fragilidade e impotência diante dos desafios nós podemos manter a tranquilidade e viver com serenidade sob a Luz da Palavra de Deus. Deus nos deixou como herança a Sua Palavra que é fonte de felicidade e de justiça, para que experimentemos desde já a santidade. Ele escolheu a nossos pais e a nós também como Seu povo e promete abençoar a nossa descendência, pois se afeiçoou de nós e nos amou desde sempre. Não podemos nos esquecer de que as Suas promessas se cumprem no tempo hábil e a nossa felicidade está garantida pela palavra que sai da Sua boca. – Você tem andando nos caminhos do Senhor? – Como você tem perseguido a felicidade? – Você tem consciência de que é carente e necessitado do amor de Deus e dos irmãos? - Nas coisas de Deus você tem seguido mais o coração ou à razão? - Você  é uma pessoa que sabe acolher aqueles que encontra pela 1a vez? 

Salmo 147 – “Glorifica o Senhor, Jerusalém!” –

A Palavra do Senhor é o alimento para a nossa alma e a segurança para a nossa caminhada. Ela é fonte de paz e mensageira das promessas do Senhor, por isso, deve ser propagada e proclamada a todos a quem encontrarmos. Anunciar a Palavra de Deus é nossa missão. Somos missionários do Seu amor e glorificamos o Seu Nome quando revelamos ao mundo os Seus preceitos e as Suas ordens. Por nosso meio o Senhor quer salvar todos os povos.



Evangelho – Mateus 17,22-27 –   “não podemos nos esquivar das obrigações e dos compromissos que o mundo nos impõe”

Ao entregar-se por amor à humanidade e se deixar crucificar, mesmo sem ter nenhuma culpa, Jesus nos deu um grande exemplo, pois sabia que o Seu sacrifício seria a chave para a redenção do homem. Como homem, Jesus também nos ensinou que embora sejamos livres, filhos de Deus, nós temos encargos e obrigações sociais as quais temos o dever de cumpri-las, como pagar impostos e taxas. Algumas vezes quando estamos cheios de razão batemos o pé e não aceitamos as imposições. Jesus, porém, diante da cobrança dos cobradores do imposto do templo não se revoltou nem tampouco alegou ser Ele Filho de Deus, mas humildemente, recebeu da providência divina a “moeda” para cumprir com a Sua obrigação diante dos homens. O cristão verdadeiro segue o modelo de Jesus: para não escandalizar, paga  o que lhe é cobrado para o bem estar social. A nossa fé também se manifesta por meio da abertura do nosso “bolso”. Os discípulos de Jesus ficaram tristes quando Ele lhes falou que seria entregue nas mãos dos homens, pois ainda não tinham percebido que, neste mundo, todos nós estamos sujeitos às leis, às regras e exigências dos homens. Nós também precisamos ter consciência de que não podemos nos esquivar das obrigações, dos compromissos e até mesmo do sofrimento que o mundo nos impõe, pois, a figura deste mundo passa. Deus proverá para nós tudo de quanto precisarmos para cumprir com os nossos compromissos sociais. O seguimento a Jesus não nos isenta de também participarmos do crescimento e conservação da obra criada por Deus. – Você tem consciência de que mesmo sendo livre,  filho de  Deus, você tem obrigações para com os homens? -  Você costuma pagar os seus compromissos sociais sem murmurar? -  O que Jesus o (a) ensinou neste Evangelho?



4 comentários:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

José Maria Nascimento disse...

Obrigado Senhor, obrigado Helena

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Lilian Varandas disse...

Gosto muito de acompanhar as reflexões da Helena. São palavras inspiradas pelo Divino Espírito Santo.

Postar um comentário