.

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS - RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

domingo, 19 de maio de 2013

Quem não é contra nós é a nosso favor =Claretianos



Quarta-feira, 22 de maio de 2013
7ª Semana do Tempo Comum
Santa Rita de Cássia, Religiosa (Memória facultativa).
Outros Santos do Dia: Aigulfo de Bourges (bispo), Athos de Pistóia (monge, bispo), Ausônio de Angouleme (bispo, mártir), Basilisco de Comana (bispo, mártir), Bobo de Provence (eremita), Boécio de Pierrepont (monge, mártir), Casto e Emílio (mártires da África), Conaldo de Inniscoel (abade), Faustino, Timóteo e Venusto (mártires de Roma), Helena de Auxerre (virgem), Helena de Carnarvon (esposa do Imperador Magno Clemente Máximo), Hemming da Finlândia (bispo, mártir), Humilitas de Faenza (viúva, monja), João de Parma (abade), Júlia da Córsega (virgem, mártir), Marciano de Ravena (bispo), Pedro Parenzi (mártir), Quitéria de Aire (virgem, mártir), Romano de Subiaco (abade).
Primeira leitura: Eclesiástico 4,12-22
Deus ama aqueles que amam a sabedoria.
Salmo responsorial: Salmo 118(119), 165.168.171.174.175 (R. 165a)
Os que amam vossa lei, têm grande paz.
Evangelho: Marcos 9,38-40
Quem não é contra nós é a nosso favor.
O episódio de hoje retoma os versículos finais da leitura anterior. O apóstolo João diz a Jesus que viu uma pessoa expulsando demônios em seu nome e como tentaram impedi-lo porque não era do grupo. Em nome da comunidade João impede que outros façam obras boas. Por sua condição de discípulo, pensava que tinha mais poder e autoridade que os demais.
Acreditava ter o monopólio sobre Jesus, por isso pretendia proibir que outros usassem o nome de Jesus para fazer o bem. A mentalidade exclusivista da lei antiga entendia que somente o povo de Israel era o povo eleito, razão pela qual se segregavam outros povos e culturas. Não obstante, Jesus lhes diz que não o impeça alegando que quem não é contra nós é a nosso favor. Quantas vezes, por considerarmos melhores, excluímos os que não acreditam como nós?
Os discípulos atuavam de acordo com a mentalidade, a sua cultura, porém, Jesus ensina que a cultura é uma construção humana, portanto, plausível de mudanças a favor da vida. Jesus é o Mestre, mediante suas atitudes, é uma mostra do Reino, encarnada no amor de Deus e o revela em suas atitudes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário