.

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS - RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

“Jesus cura a filha da mulher pagã” - Claudinei M. Oliveira.




Quarta - feira, 08  de Agosto  de 2012.
Evangelho: Mt 15 21-28

            A mensagem desta reflexão nos leva a compreender que “precisamos de todos para que a nossa vida seja completa”. Isto é, não estamos sozinhos no mundo e nem fazemos parte de um povo seleto para Deus, estamos sim, em consonância com todos os homens e mulheres do mundo com o mesmo objetivo: alcançar a salvação eterna.
Prova disso está narrado no Santo Evangelho de Mateus. Uma mulher pagã implora para Jesus curar sua filha que está possuída pelo demônio. Jesus nem dá ouvidos, faz de conta que nada está acontecendo, ou seja,  chega a firmar para seus discípulos: “eu fui enviado somente para as ovelhas perdidas da casa de Israel”.
Para nós e para os discípulos Jesus não poderia agir desse modo. Mas na verdade Ele estava testando  os seus discípulos para notar até que ponto estavam convencidos de que todos são importantes para o Pai, ou até que ponto a mulher asseguraria sua fé.
Porém, a mulher comprova sua fé, mostrando que fora do povo de Deus, ou seja, também no meio dos pagãos, poderia haver muito mais entrega e confiança do que dentro do povo de Deus. Sua fé foi expressa na insistência da cura da filha e de joelhos aos pés de Jesus clama pela libertação desesperadamente.
Pedir sempre para Deus sem temer do pedido. No momento certo será acolhido. Pode ser que até fique zangado com Deus num certo momento. Nada para provar a insistência na necessidade da súplica e o tamanho da fé.
Como já foi citado, a insistência e a fé da mulher pagã curou a enfermidade da filha, pode remeter para  cristãos na mesma medida. Na importa a religião, o credo, a cor, a raça para Deus, mas para este Criador dos céus e da terra, basta o desejo e a convicção da certeza no Cristo ressuscitado, ou seja, basta ter fé e comprometer-se com o projeto de vida para todos.
Às vezes a fé fica distante das ações dos cristãos. Quase não aparece nos gestos concretos algo que possa assemelhar na prática da fé. Ao sentir que a vida está deixando de ser proveitosa para Deus, com certeza, é o sinal dado para que busque mudar de vida. O encardido penetra no ser das pessoas com muita felicidade. O mal provoca horrores na vida familiar ou social. O maligno não tem pudor. Ele adoece e mata o homem.
A filha da mulher pagã estava possuída pelo mal que aproveitou da ausência da fé e a rotulou para si. Neste caso, são muitas pessoas  que vivem na solidão, no desespero, no encalço das drogas, das bebidas e da prostituição.  Não tem o amor e nem a fé para proteger da coisa ruim. Para que isso não ocorra é necessário acreditar no projeto divino e pedir para o Pai do Céu toda providência necessária. Deus nosso Pai que é bondoso e generoso vai atender ao pedido e proteger para nada de desacordo aconteça.
Enfim, nunca desanime diante dos obstáculos, pois junto com Deus nada poderá barrar a caminhada para a vida na eternidade. Lute e viva na alegria do dia a dia para crescer na esperança e no diálogo com Deus. Amém!
Claudinei M. Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário